segunda-feira, 13 de junho de 2022

São Carlos vence e se garante na segunda fase do Paulista


Da esquerda pra direita, em pé: Jean Ferrarini (treinador), Ricardo Martins, Fabio Calis, Mateus Temporim, Pedro Dibo, Pedro Temporim, Leonardo Carniato, Ezequiel Alvarez, Aron Pagani, Wiliam Bonadio, Esteban Alvarez, Felipe Santos, Gustavo Moura, Gabriel Bagnato, Jonata Vinicius; agachados: Antonio de André, Rafael Milani, Alexandre Bertuga, Italo Inforzato, Vinicius Imato, Bruno Turci, Luis Cameirão, Rafael Sargentini, Alan Ávila, Igor de Mello, Flávio Batistette, Octavio Gorla e Elton Tanis. Foto: Josimeire Julio.

No último sábado, 11, o São Carlos fez seu primeiro jogo oficial em casa desde 2019. A partida, válida pela terceira e última rodada da fase de grupos do Paulista XV de Rugby, foi contra a equipe do Rio Preto. Um confronto que, além de inédito, valia vaga para a segunda fase da competição.
Valendo-se do apoio da torcida, os rinocerontes abriram o placar já aos 7 minutos do primeiro tempo: após bela arrancada, Luis Cameirão abriu o placar com um try e ampliou com a conversão. Logo depois, aos 10 minutos, Cameirão ampliou outra vez; mas, agora, com um penal. São Carlos 10 x 0 Rio Preto.
Os rinocerontes voltariam a marcar aos 24 minutos quando, após um tackle alto, é marcado um penal try para o São Carlos. Com isso, mais 7 pontos para os auri-rubros: São Carlos 17 x 0 Rio Preto. Além disso, o tackle alto resultou em cartão amarelo para o capitão do Rio Preto - que, dessa maneira, ficou com um jogador a menos por 10 minutos.
Aproveitando-se da vantagem numérica, o São Carlos se impôs e ampliou o placar: aos 30 minutos, Rafael Sargentini fez um try não convertido e, aos 33 minutos, Alan Ávila marcou mais um try para os rinocerontes; dessa vez, Cameirão converteu. Cameirão ainda marcaria mais um try - e converteria o mesmo - já nos acréscimos do primeiro tempo. Com isso, placar no intervalo: São Carlos 36 x 0 Rio Preto.
No retorno do intervalo, a equipe rio-pretense, correndo atrás o prejuízo, marcou um try - sem conversão - aos 8 minutos. Ainda que o São Carlos descontasse pouco mais de 4 minutos depois, com mais um penal de Cameirão, o Rio Preto se mantinha no ataque e, depois de uma sequência de penais e um cartão amarelo para Felipe Santos, do São Carlos, conseguiu diminuir a vantagem são-carlense com mais um try; dessa vez, convertido. Eram passados pouco mais de 18 minutos do segundo tempo e o placar ficava em São Carlos 39 x 12 Rio Preto.
Ainda com um jogador a menos, os rinocerontes conseguiram despertar e, após um lateral cobrado rapidamente, Pedro Temporim marcou mais um try e Cameirão converteu novamente. A partida chegava aos 25 minutos e o São Carlos liderava por 46 a 12. 
A vantagem seria ampliada antes do final da partida, com mais um try de Sargentini e outra conversão de Cameirão. Com isso, os números finais da partida ficaram em São Carlos 53 x 12 Rio Preto.
Com a vitória, o São Carlos assegura a segunda posição de seu grupo, se mantém no Paulista XV e irá disputar as quartas-de-final da competição; o resultado também garantiu a equipe na elite do torneio em 2023. O adversário - bem como o dia e o local da partida - ainda serão definidos pela Federação Paulista de Rugby nos próximos dias.
O São Carlos é patrocinado pela Fisio & Cia e conta com o apoio da Prefeitura Municipal de São Carlos, da Contabilidade Valverde, da Nacione™ Branding e das Atléticas e Departamentos Esportivos da UFSCar e USP.


SÃO CARLOS 53 X 12 RIO PRETO
Escalação: 1 Elton Tanis, 2 Pedro Dibo, 3 Leonardo Carniato, 4 Mateus Temporim, 5 Rafael Milani, 6 Octávio Gorla, 7 Aron Pagani, 8 Wiliam Bonadio, 9 Igor de Mello, 10 Rafael Sargentini, 11 Flavio Batisttete, 12 Italo Inforzato, 13 Luis Cameirão (C), 14 Vinicius Imato, 15 Alan Ávila, 16 Ezequiel Alvarez, 17 Fabio Calis, 18 Ricardo Martins, 19 Felipe Santos, 20 Pedro Temporim, 21 Esteban Alvarez, 22 Alexandre Bertuga, 23 Bruno Turci


Tries: Alan Ávila, Luis Cameirão (2), Pedro Temporim, Rafael Sargentini (2) e penal try.
Conversões: Luis Cameirão (6)
Penais: Luis Cameirão (2)

Nenhum comentário: